“Eu não sou melhor do que ninguém, mas sou diferente desses políticos que aí estão”, afirma delegado Alessandro – 181

Na segunda-feira, 27, o candidato ao Senado pelo REDE, delegado Alessandro Vieira – 181, foi entrevistado pelos jornalistas Rosalvo Nogueira e Paulo Sousa no programa Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan Aracaju. A rodada de entrevista foi recheada de análises sobre a atual conjuntura política e a necessidade de mudança.

 

Para o candidato ao Senado por Sergipe, o cidadão brasileiro chegou ao seu limite. “Nós já pagamos a maior carga de impostos do mundo, temos os piores serviços públicos e sabemos que essa realidade é fruto da incompetência e da falta de vontade desses políticos, velhos conhecidos. O que essas figuras já conhecidas da população querem é manter o cidadão vivendo mal, para que ele fique de joelhos, sempre dependendo do político para ganhar algo mais. Essa forma de fazer política representa o que tem de pior: política sem perfil moral, sem definição ideológica, sem princípios. É o ganhar por ganhar. É o ganhar de qualquer jeito. O que eu quero para a política sergipana e brasileira é a verdadeira renovação, e não dá para fazer renovação com essas figuras já conhecidas porque eles já mostraram o que são capazes de fazer para ficar no poder”, ressalta.

 

Os jornalistas perguntaram ao delegado Alessandro – 181 sua opinião sobre as polêmicas declarações do ex-governador Jackson Barreto, de que se apertarem, ele fala sobre os desvios de recursos do transporte escolar por parte de prefeitos do interior. “Qualquer cidadão de bem que toma conhecimento da prática de um crime tem que denunciar à polícia, é uma obrigação. Se você é uma autoridade, sua responsabilidade é maior ainda. Mas se você é a maior autoridade do estado, o governador do estado, e você tem conhecimento da prática de crime de desvio de dinheiro público, e você não faz nada, você está também cometendo um crime. E eu só espero que o Ministério Público Estadual tome as devidas providências”, pontua o delegado Alessandro – 181.

 

O candidato ao Senado destacou o fato de que, devido à sujeira das ações dos atuais políticos, 50% da população tem a convicção de que não quer sair de casa para votar. “Eu faço um apelo à toda a população: saia de casa para votar. É a hora de dar o troco para essa turma. É a hora de mandar essa turma para casa. Escolha gente nova, escolha candidatos diferentes, tem muita gente boa que se colocou à disposição para as eleições desse ano. O cidadão sergipano está abrindo os olhos e já percebeu que é preciso mudar, e a minha candidatura se apresenta como uma alternativa a esses políticos corruptos que ai estão”, destaca.

 

O delegado Alessandro – 181 reconhece as dificuldades que os novos nomes enfrentam para conseguir espaço na política, mas ressalta que a missão de mudar deve ser abraçada por todos os cidadãos de bem. “É uma disputa de Davi contra Golias, mas para quem prestou atenção na história, existem sim as oportunidades em que Davi acerta a pedrada certeira e vence Golias. O trabalho para a verdadeira renovação na política é um caminho difícil, porque não tem atalho, não tem dinheiro, não tem compadrio. Mas é preciso reconhecer também que tem muita gente de bem abraçando a ideia da renovação, da mudança, da moralidade e da ética, e as pesquisas vêm mostrando isso. Tem gente que acha que os espaços na política são ocupados por vaidade ou por objetivo financeiro. O meu objetivo é atender a missão de fazer de Sergipe um estado melhor”.

 

Durante a entrevista, foi cobrado publicamente a realização de um debate com todos os candidatos ao Senado. “A população sergipana tem o direito de comparar os candidatos, saber seu histórico e o que realmente pretendem fazer. Todos nós já sabemos como é a atuação dessas grupos políticos nos bastidores. O nível de cinismo desses candidatos precisa ser confrontado. E eu me sinto em condições de fazer esse enfrentamento, e estou fazendo. Sergipe precisa virar essa página da história. Chegou a hora de mudar”.

 

Confira a entrevista na íntegra:

Delegado Alessandro – 181 participa de entrevistas no interior do estado e dialoga com sergipanos sobre a importância do voto

Candidato ao Senado por Sergipe, o delegado Alessandro Vieira 181 (REDE) percorreu as regiões do Baixo São Francisco e Alto Sertão sergipanos na quarta-feira, 22 de agosto. Durante as visitas, o candidato ao Senado participou de entrevistas em rádios locais e conversou com os sergipanos sobre suas propostas para renovar as ações políticas no estado.
“É através da imprensa, especialmente o rádio, que a mensagem de renovação chega aos sergipanos do interior. São valiosas oportunidades de diálogo com a comunidade que enriquecem a caminhada”, revela o delegado.
A primeira parada foi na cidade de Propriá, distante 98 km da capital Aracaju (SE). A entrevista foi concedida ao programa Jornal da 104, comandado pelo radialista Patrício Lessa na Rádio Propriá FM 104,9. O tema de maior destaque debatido foi a necessidade de renovação da política, e a necessidade da população avaliar o currículo e a ficha criminal antes de votar no dia 07 de outubro.
Na região do Alto Sertão, o candidato ao Senado, delegado Alessandro Vieira 181, foi entrevistado pelo radialista Bob Júnior, no programa Jornal do Sertão segunda edição, da Rádio Rio FM 89,1, em Porto da Folha, distante 170 km da capital. Segurança Pública, corrupção, reformas eleitorais e trabalhistas, saúde e educação foram os temas chaves da conversa. Acompanhe a agenda do candidato ao Senado por Sergipe, delegado Alessandro Vieira 181 (REDE), através de suas redes sociais e saiba mais sobre seus posicionamentos.

Confira a entrevista do candidato ao Senado Alessandro Vieira – 181 no Itnet Notícias

O delegado Alessandro Vieira – 181, candidato ao Senado por Sergipe pelo REDE Sustentabilidade participou da rodada de entrevistas promovida pela TV Itnet. A entrevista aconteceu na segunda-feira, 20, no programa Itnet Notícias, apresentado por Lucas Moura. O delegado Alessandro – 181 falou sobre sua decisão de entrar na política e sobre alguns temas de interesse público, como educação, economia e segurança pública. Confira na íntegra a entrevista do candidato:

 

Começou: Campanha eleitoral teve início com panfletagem

A campanha eleitoral começou para valer ontem, quinta-feira, 16 de agosto. O delegado Alessandro Vieira, juntamente com seus voluntários parceiros, fizeram uma ação na Avenida Beira Mar, em Aracaju (SE), divulgando suas propostas e compromissos como candidato ao senado. Se você acredita na mudança e deseja ser um multiplicador dessa esperança, entre em contato com o delegado Alessandro Vieira 181, pelas redes sociais: Facebook e Instagram.

Delegado Alessandro Vieira participa da procissão em homenagem à padroeira de Tobias Barreto

Candidato ao Senado por Sergipe, o delegado Alessandro Vieira 181 (REDE), participou na tarde de quarta-feira, 15, da procissão de Nossa Senhora Imperatriz dos Campos, padroeira do município de Tobias Barreto, distante 127 km da capital Aracaju (SE).

Atendendo ao convite dos parceiros do Rede Sustentabilidade em Tobias Barreto, Lourival da Livraria 1811 – candidato à deputado federal, e Eliabe Sales 18018 – candidato à deputado estadual, o delegado Alessandro Vieira 181 prestigiou a população tobiense no dia de sua padroeira. “Encerrei a etapa de pré-campanha sob as bençãos de Nossa Senhora Imperatriz dos Campos, participando da procissão em sua homenagem. Oportunidade especial de sentir a religiosidade do povo sergipano e conversar com as pessoas, olho no olho, mostrando que é possível resgatar a esperança em um Brasil mais justo e verdadeiro. Eu acredito e cada vez mais gente acompanha essa crença na mudança”, destaca o candidato ao senado.

Em meio ao louvor, o delegado Alessandro Vieira 181 percorreu as ruas da cidade, dialogando com toda a população e enfatizando a importância da participação dos cidadãos no processo eleitoral. “É um momento de esperança. Eu acredito que o Brasil pode melhorar. Para isso precisamos tirar esses grupos políticos já conhecidos pela velha política do “rouba mais faz”, porque de fato o que eles fazem é atender seus próprios interesses e para a população é muito pouco ou quase nada. Vamos acreditar juntos e mudar a estrutura desse país”, enfatiza.

A campanha eleitoral começa para valer hoje, quinta-feira, 16 de agosto, e todas as propostas e compromissos do candidato ao senado, delegado Alessandro Vieira 181, podem ser acompanhadas em suas redes sociais. “Desde já peço o voto de confiança de cada um dos sergipanos para que possamos alcançar nossos objetivos e mudar Sergipe e o Brasil DE VERDADE”.

Delegado Alessandro Vieira dialoga sobre Segurança Pública em Tobias Barreto

Na segunda-feira, 13 de agosto, o pré-candidato ao Senado por Sergipe, delegado Alessandro Vieira concedeu entrevista ao Jornal da Xodó 1ª Edição, da Rádio Xodó AM de Tobias Barreto. O principal tema debatido foi a segurança pública, e o pré-candidato ao Senado apresentou suas propostas para combater a alarmante situação de medo e insegurança vivenciada pelos sergipanos. O programa comandado pelo radialista Adissandro Pinheiro também contou com a presença do pré-candidato ao governo de Sergipe, Dr. Emerson, dos pré-candidatos a deputado federal, Coronel Rocha e Lourival, dos pré-candidatos a deputado estadual, Eliabe e Sargento Elisângela, todos membros da Rede Sustentabilidade.

O pré-candidato ao Senado defendeu a necessidade de criação e implementação de um Plano Nacional de Segurança Pública, que estabeleça metas e atribuições claras. O delegado Alessandro Vieira reforçou também a urgência de uma renovação política para que as mudanças possam ser realizadas. “Os grupos políticos que aí estão postos não estão à altura do desafio que Sergipe precisa para entrar nos trilhos. O movimento de renovação é fundamental para que novos resultados sejam alcançados. Por isso eu reforço a necessidade do voto faxina, para retirar essas figuras tão conhecidas da política sergipana e que são os responsáveis pela situação em que estamos”, destaca.

Ainda, o delegado Alessandro junto com as demais lideranças da REDE percorreram as ruas da cidade dialogando com os comerciantes e feirantes enfatizando a importância da participação do cidadão no processo eleitoral.

Alessandro Vieira recebe apoio de Emília Corrêa para o Senado e festeja: “Acrescenta muito”, diz

“Acrescenta muito”, diz o delegado Alessandro Vieira ao recebe apoio de Emília Corrêa para o Senado.

Confira a íntegra desse apoio ao delegado Alessandro na publicação do JLPolítica descrito no link abaixo:

Vereadora Emília Corrêa declara apoio ao Delegado Alessandro Vieira ao Senado

 

Delegado Alessandro Vieira reforça compromisso com a mudança em favor dos sergipanos

Alessandro Vieira, pré-candidato ao Senado
O pré-candidato ao Senado por Sergipe pelo Rede Sustentabilidade, delegado Alessandro Vieira, participou de entrevista na Rádio Comércio de Aracaju, na manhã de quarta-feira (08). Durante 15 minutos, o pré-candidato respondeu perguntas do radialista Mário Prata sobre combate a corrupção, saúde, educação, segurança pública, reformas trabalhista e da previdência.
Para o delegado, a renovação na política brasileira e sergipana é uma necessidade urgente. “Sem renovar os quadros políticos, nós não vamos conseguir mudar a nossa realidade. Foi essa necessidade por transformação que me motivou a ingressar na política. Hoje, os representantes de Sergipe no Senado e os pré-candidatos disponíveis estão muito abaixo do que o sergipano precisa e merece. Para mudar, precisamos de gente séria com coragem e capacidade para realizar as reformas que o Brasil necessita. Por isso me apresento como pré-candidato ao Senado por Sergipe”.
Segurança Pública
Delegado de carreira há 17 anos, o pré-candidato ao Senado conhece bem a realidade da segurança pública. Para Alessandro Vieira, o maior problema da segurança em Sergipe é a falta de compromisso político dos gestores maiores em efetivar políticas na área.
“É só observar o trabalho feito pelos nossos deputados federais e senadores que veremos que nenhum deles apresentou nem defendeu publicamente um projeto que realmente impactasse na segurança pública. Aumento de pena, redução no número de recursos, garantia da execução da pena provisória após condenação em 1ª ou 2ª instâncias, enfim, medidas que realmente tenham um impacto positivo na vida das pessoas e que beneficiem e protejam a sociedade. Nossos parlamentares nunca fizeram isso, e é esse espaço que eu pretendo ocupar”, assegura.
Combate à corrupção
Durante a entrevista, ganhou destaque a informação do relatório da Polícia Federal fazendo um levantamento dos últimos 4 anos de operação. Nesse período, a PF comprovou o desvio de 48 bilhões de reais. Isso representa um desvio diário de 33 milhões de reais.
“São 33 milhões de reais roubados dos cofres públicos por dia. Roubalheira feita por essa classe política que aí está há décadas. Eles querem permanecer no poder para deixar tudo como está, abafar as investigações e operações como a Lava Jato, e garantir a permanência deles, de seus parentes e apadrinhados no poder. Não existe nenhuma esperança de mudança da nossa realidade com essa turma. Eles já mostraram quem são”, afirma.
De acordo com o pré-candidato ao Senado, os sergipanos precisam virar essa página da história e abrir um novo momento de esperança de um Sergipe seguro, com educação eficiente e com um desenvolvimento econômico que permita reduzir o desemprego no estado. “Isso tudo é possível e eu pretendo fazer a minha parte, ajudando Sergipe através de um mandato bem exercido no Senado”, reforça.
Reforma da Previdência
Sobre a Previdência Social e a necessidade de reforma, o delegado Alessandro Vieira garantiu que se a população sergipana permitir que o quadro político permaneça o mesmo, os cidadãos vão sofrer com a perda do direito à aposentadoria integral. Para o pré-candidato ao Senado, a fusão dos fundos da Previdência do estado feita na Assembléia Legislativa de Sergipe por Jackson Barreto foi um crime.
“Em 2007, o então governador Marcelo Déda separou os fundos e criou o Funprev/SE, um fundo saudável para que os que estivessem ingressando no serviço público não tivessem problema para se aposentar. O que Jackson fez em 2017, com interesse absolutamente eleitoreiro, foi aprovar na Assembléia Legislativa que o governo pudesse dispor desses recursos. Em 2, 3 meses ele zerou os recursos que haviam sido acumulados por quase uma década. Sergipe precisa saber que o estado tinha uma esperança concreta de ter uma previdência organizada, e que Jackson Barreto, juntamente com sua bancada, destruiu essa esperança. A nossa difícil realidade de hoje precisa mudar, e para que isso ocorra, precisamos mudar as pessoas eleitas e virar essa página da história de Sergipe.

Alessandro Vieira prega renovação na politica sergipana

Alessandro Vieira, pré-candidato ao Senado pela REDE

 

“Temos a nossa batalha de enfrentamento do sistema, da corrupção. São voluntários que se somam. A cada dia chega mais gente para a campanha, uma campanha que será feita com os pés no chão, sem dinheiro de fundo partidário, sem dinheiro de corrupção, mas contando com a verdade ao nosso lado e quem tem a verdade ao lado tem chances de vitória”, disse o delegado Alessandro Vieira

Confira a matéria completa acessando o link abaixo:

Alessandro Vieira prega renovação

“Nós precisamos reduzir cada vez mais a influência política na gestão”, diz Alessandro Vieira

Delegado Alessandro Vieira nos estúdios da MIX FM

Na última segunda-feira, 30/07, o pré-candidato da REDE, o delegado Alessandro Vieira, concedeu entrevista aos jornalistas Thiago Helcias e Valeria Santana na MIX FM ressaltando a homologação de sua candidatura ao senado como também respondendo os questionamentos dos ouvintes expondo suas propostas e posicionamentos.

Segundo o delegado Alessandro Vieira, a motivação de adentrar na política e colocar seu nome a disposição começou no momento que o seu trabalho à frente da polícia civil foi interrompido por uma decisão política do ex-governador Jackson Barreto e constatou, segundo ele, que “ou mudarmos os políticos ou nossa vida vai continuar nessa mesma toada de decadência e de insegurança ou a gente vai enfrentar e eu decide enfrentar”.

“Sim, nós precisamos reduzir cada vez mais a influência política na gestão, você não pode ter mais situações como nós temos na saúde pública de Sergipe, por exemplo, a secretaria de saúde de Sergipe serve para eleger deputados,  ela não serve para atender o cidadão, ela não serve para curar doenças e se você for ver na história de Sergipe, você vai ver 4 ou 5 deputados federais, sempre os mais votados, eleitos com base no trabalho feito na secretaria de saúde e os hospitais cada vez em pior situação e a situação dos servidores da saúde cada vez pior”, afirmou o pré-candidato sobre a gestão da saúde de Sergipe.

Questionado sobre a atuação dos atuais senadores, o delegado fez críticas argumentando que os trabalhos realizados pelos senadores sergipanos foram irrelevantes com nenhum projeto que impactasse a vida dos sergipanos, nenhum projeto para segurança pública e nem nenhum projeto no tocante ao combate à corrupção e, segundo Alessandro Vieira, “os nossos senadores somente se limitaram a fazer despachos de emendas quando o orçamento assim o permiti”.

Para o pré-candidato Alessandro Vieira, a situação da segurança pública em Sergipe não se justifica e a razão dos péssimos indicadores na segurança, segundo ele, é falta de vontade política e a falta de competência dos governantes.

O delegado Alessandro Vieira defendeu a diminuição dos privilégios dos políticos e enfatizou na entrevista que a política deve ser um serviço a coletividade e não uma profissão. “É desnecessário o tamanho do gasto que é feito com verbas de gabinetes, assessoria e isso é absolutamente desnecessário”, indagou o delegado Alessandro Vieira.